31 de outubro de 2009

Apenas por alguns segundos




Hoje a saudade resolveu fazer pirraça! Aproveitando-se da minha situação, onde estou incomunicável, ela penetrou em minha pele, atingiu minhas veias e fez pesar o meu sangue. Sem saber o que fazer, eu apenas durmo. Fecho os olhos com força, na esperança de te ver, pelo menos em sonhos, mas tudo o que tenho como resposta é a escuridão de meus olhos.
Minha mente, desde então, tenta, desesperadamente, projetar teu cheiro, tua pele, teus olhos. E por alguns segundos, quase posso te tocar e te sentir. Mas por alguns segundos apenas, quando o que eu quero na verdade, é te ter por um longo tempo.
Tudo o que quero agora, é teu sorriso. Mas eu quero o sorriso real, não o projetado por uma mente que te busca. Quero esse sorriso, mesmo que, também, seja só por alguns segundos. Quem sabe assim, essa saudade que me invadiu hoje de manhã, resolva ir embora e me deixar em paz, pelo menos por alguns segundos...

 

Roberto Araújo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agora comenta!